Trabalhos sociais - Instituto Brasileiro de Capoeira-Educação

 


Home  IBCE 22

Capoeira de Rua

O Projeto Capoeira de Rua é uma iniciativa do Instituto Brasileiro de Capoeira-Educação para ministrar aulas de Capoeira para pessoas em situação de rua. Os professores voluntários do IBCE se organizam para ministrar aulas regulares, criando um ambiente seguro e amoroso onde se estabelece rotinas de encontro e troca facilitando a conexão entre pessoas.

Em média, de 15 a 25 pessoas são atendidas por aula, incluindo pessoas trans, mulheres e idosos. As aulas se dão as segundas, quartas e quintas as 9h15, após o café da manhã oferecido pelo projeto Voar.

Através do projeto e da rede de capoeiristas conectada ao projeto, já foi possível contribuir para a reinserção de pessoas no mercado de trabalho, conquista de moradia digna e o empoderamento por estar em um ambiente saudável e positivo.

O projeto visa ampliar seu alcance para atender mais pessoas, fornecer alimentação pós treino, criar uma rede de colaboradores solidários que contribuam mensalmente para viabilizar os custos e gerar mais possibilidades de suporte às pessoas em situação de risco social.


Projeto Creche Santa Clara

A Creche Santa Clara atende a centenas de crianças de comunidades economicamente desfavorecidas do Rio de Janeiro. Em parceria com o Instituto Brasileiro de Capoeira-Educação oferece regularmente aulas gratuitas de Capoeira Infantil.

O projeto visa desenvolver as potencialidades corporais, musicais, sociais e culturais das crianças, a partir da criação de um ambiente seguro, onde a criatividade e a autonomia são encorajadas ao som do berimbau.

As aulas são ministradas por professores-voluntários que semanalmente se organizam para dar as aulas.

A ampliação e capilarização do projeto é um dos objetivos futuros, dependendo de captação de renda em projetos, editais ou na sociedade civil.


Home  IBCE 21

Home  IBCE 23

Capoeira para crianças com deficiência visual

Trabalho desenvolvido pelo Instituto Brasileiro de Capoeira-Educação (IBCE) em parceria com o Instituto Benjamin Constant (IBC), escola federal especializada em crianças com deficiência visual.

O projeto contribui para o desenvolvimento da autoestima e da autonomia destas crianças, que muitas vezes apresentam múltimplas deficiências motoras ou intelectuais associadas à cegueira.

O público é formado por dezenas de crianças de diversas áreas economicamente desfavorecidas do Rio de Janeiro, que encontram na Capoeira um ambiente desenvolvedor de suas potencialidades.

O projeto visa ampliar sua atuação no futuro para atender a toda a escola de cegos, dependendo para isso primordialmente de parcerias que tornem o projeto economicamente viável. Ampliar as atividades à outras faixas etárias possibilitaria oferecer cultura e arte para um público que necessita de estímulos contínuos para se desenvolver.

Videos

Quer Ajudar? Fale conosco!

IBCE Social

Campos marcados com * são requeridos